Notícias

06/08/2014

Ortopedia do HLR completa um ano de sucesso

   O serviço de Ortopedia do Hospital Lúcio Rebelo (HLR) completou um ano de sucesso e se prepara para ampliar a qualidade e a extensão da especialidade médica. Atualmente, a equipe do HRL conta com 17 médicos altamente capacitados em coluna, quadril, pé, tornozelo, joelho, ombro, mão e trauma/fixador externo em regime de plantão 12 horas diurno e sobreaviso noturno.
   Nestas subespecialidades, o HLR está capacitado a atender qualquer tipo de trauma ortopédico no Pronto-Socorro, bem como realizar consultas eletivas no Centro Médico, além de cirurgias de alta complexidade, com cobertura de todos os planos de saúde existentes no mercado. Logo após a inauguração da primeira etapa das obras de expansão do hospital, o serviço será implantado em regime de 24 horas por dia no Pronto-Socorro. Ainda neste semestre será instalada no novo edifício destinado aos consultórios clínica independente, o Centro de Ortopedia Especializada (COE), para atendimento ambulatorial.
   O presidente do HLR, Percival Rebelo, explica que a proposta de incluir a Ortopedia entre os serviços de referência faz parte da estratégia de construir em Goiânia uma instituição privada de saúde multiespecializada em todos os ramos da medicina. “A Ortopedia foi uma das iniciativas consolidadas para fazermos da ampliação do Lúcio Rebelo o primeiro hospital-geral de uma cidade que caminha para ser uma metrópole e ainda não tem unidade de saúde deste porte e à altura da sua grandeza,” comentou Rebelo.
   O coordenador de Ortopedia do HLR, médico Regis Vieira de Castro, avalia como “altamente satisfatórios” os resultados obtidos neste pouco mais de um ano de prestação de serviços da especialidade médica e projeta melhoria qualitativa e expansão do número de procedimentos após a conclusão das obras do novo HLR. “O objetivo do Centro de Ortopedia Especializada é ser unidade de referência no ramo da medicina a partir do padrão de excelência de atendimento que une preparo científico, tecnologia médico-hospitalar instalada e atenção integral e individualizada ao paciente”, concluiu.

  A demanda por serviços de ortopedia e traumatologia tem apresentado grande desafio para a medicina brasileira em função do crescimento assustador do índice de acidentes de trânsito. De acordo com dados do Ministério da Saúde, as ocorrências são os maiores responsáveis pelas internações hospitalares derivadas de causas externas, com preponderâncias do envolvimento de motociclistas. No País, entre 1998 e 2012, o número de internações hospitalares envolvendo este tipo de condutor cresceu 366,1%; pulando de 18.995 para 88.438 ocorrências ao ano.  

 

Régis: expansão do número de procedimentos

 

Nosso Endereço Av. Edmundo Pinheiro de Abreu n° 451 St. Bela Vista, CEP:74823030
Contato (62) 3257.2000
contato@luciorebelo.com.br
Inédita Propaganda